Artigos
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Breaking news – Bodega Garzón
ENONEWS 06-04-2017

 


Maldonado, Uruguay, março/17


 


A colheita 2017 está por terminar em Maldonado, região uruguaia onde está localizada a Bodega Garzón.


Ficamos entusiasmados com as notícias que agora compartilhamos com vocês:


 


Aspectos climáticos:


A primavera foi de muitos ventos e chuvosa, onde a umidade e o controle de fungos exigiu extremo cuidado. Durante o mês de novembro, mês da floração, surgiram precipitações acima do normal, o que foi positivo para uma boa formação de flor e fruto. Já no mês de dezembro, em todo Uruguay, ocorreram chuvas fortes de granizo, mas em Garzón essas precipitações foram de menor intensidade, de modo que a qualidade dos frutos não foi afetada.


O ano de 2017 começou com um janeiro chuvoso, anunciando uma colheita “complicada”. Porém, nos meses de fevereiro e março, as chuvas diminuíram em intensidade e frequência, permitindo uma perfeita maturação das uvas brancas e tintas.


Segundo Eduardo Félix, Chefe do Departamento de Agronomia, “apesar dos baixos rendimentos desta safra, ela, certamente, será lembrada pela notável qualidade obtida, em especial na Cabernet Franc. “


Já o enólogo chefe de Bodega Garzón, que tem a assistência internacional de Alberto Antonini, soltou o primeiro report desta safra, complementando com as seguintes informações:


“ As boas condições climáticas desta safra, que tivemos no princípio da vindima, nos permitiram alcançar uma ótima maturação das uvas brancas. Nosso Sauvignon Blanc está muito característico e nosso Alvarinho muito fresco e intenso de aromas. ”


 Segundo Germán, em termos de aromas dos vinhos brancos, chamou atenção a predominância dos toques minerais, provavelmente, devido a uma maior exploração radicular em torno da rocha-mãe existente em Garzón. Certamente, esta característica será tema de futuros estudos.


O final da colheita de tintos está previsto para até dia 31 de março. E aqui destaca-se o bom nível de maturação de taninos e a boa qualidade das uvas, em geral. Já se pode adiantar os bons resultados obtidos com a Merlot, Cabernet Franc (esta em especial), Marselan e Pinot Noir.


Ainda segundo Germán, “ de um modo geral, os  vinhos são potentes e frescos, intensos na boca e com acentuada presença do nosso terroir. ”


É cedo para falar qualquer coisa da Tannat ou mesmo da Petit Verdot, uma vez que foram as últimas cepas a chegaram na adega, e ainda encontra-se em processo de fermentação.


Pode-se dizer que essas variedades também produzirão vinhos de alta qualidade, já que as uvas se apresentaram excelente qualidade para a elaboração de grandes vinhos.


Parece muito promissora toda a safra 2017 em Bodega Garzón. Vale a pena conferir.


 


Mais Informações:


Bodega Garzón


Viva a “Experiencia Garzón”. Entre no site e veja: www.bodegagarzon.com
Rota 9, KM 175
Maldonado, Uruguay


 


No Brasil, Bodega Garzón é representada por World Wine.


www.worldwine.com.br


 


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
Cursos
Degustações
Enoturismo
Enopoemas
Dicas
  Cláudia Elaine Garcia de Oliveira
Artigos
Enonews
Momento Divino
Fotos "Social do Vinho"
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2007 - 2018, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy