ENOAMIGOS

Cursos e Consultoria em Vinhos

claudia@enoamigos.com.br

• Santos • São Paulo

Artigos
Momento DiVino "Grand Cru Importadora e o Grand Tasting 2017" 23/06/17 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 23-06-2017

Vinhos de autor e também clássicos fizeram parte da degustação da importadora Grand Cru deste ano, ocasião em que novidades são exibidas a especialistas e ao público em geral


Santé! Como de praxe, foi um sucesso a maratona de experiências em torno do vinho que a Grand Cru Importadora promoveu recentemente pelo Brasil. Trata-se do tradicional Grand Tasting. Aqui em São Paulo para a Edição 2017, a Casa da Fazenda do Morumbi foi palco para receber clientes e profissionais.


A mostra desse ano estava composta de estações temáticas que ofereciam, por exemplo, Vinhos de Autor. Nesta eu destaco a Bodegas RE, Chile, com um blanc de noir (vinho branco feito de uva tinta), o RE Velado 2012 (foto 7 - R$ 469,00), de Pinot Noir. De cor dourada se mostrou um vinho denso, com características complexas, elaborado como se fosse tinto, mas com aromas intensos de frutas brancas e secas como amêndoas e avelãs, flores, pimenta e baunilha. Em boca uma explosão de sabores, bastante untuoso, com acidez e álcool de 14OGL em perfeita harmonia. Um vinho seco e de guarda. Total criatividade da vinícola que tem como preceito REcriar, REinventar e REvelar vinhos ancestrais de alta qualidade.


A também chilena Errazuriz, vinícola familiar das mais antigas e das maiores e mais importantes do mundo do vinho, apresentou seus premiados rótulos entre os quais o Errazuriz Max Reserva Chardonnay 2016 (foto 2 - R$ 129,00), que revelara perfeita integração de frutas e mineralidade com o carvalho. Vinhos e coe amanteigado com toques vegetais, faz muito o meu gosto. E até o grande Dom Maximiano Founder’s Reserve Corte 2014 (foto 6 - R$ 599,00) lá estava. Com 93 pontos do crítico Robert Parker e 97 no Guia Descorchados, esse vinho composto de 68% Cabernet Sauvignon, 18% Carmenère, 9% Malbec e 5% Petit Verdot estagia 20 meses em barricas de carvalho para ter uma vida que pode atingir até 30 anos de complexidade. De cor rubi intenso e halo violáceo o Dom Maximiano envolveu-me com aromas de frutas vermelhas maduras, pimenta, cravo, fumo, funghi e café. Na boca frutas, especiarias e toque vegetal equilibrava álcool de 14O GL e taninos presentes e nervosos, numa parceria que já diz o que será esse vinho no futuro. Grandioso!


Na mesa da chilena Viña San Pedro, pude degustar duas safras (cheguei tarde, eram três as safras disponíveis. Pena!) do ícone Altaïr 2010 e 2011 (foto 5 - R$ 599,00), e estavam soberbos. O 2010 tem na sua composição 76% Cabernet Sauvignon, 13% Syrah, 7% Carménèr e 4% Petit Verdot, já a safra 2011 tem Cabernet Francao invés de Carménère. Ambos têm passagem embarricas de carvalho francês, sendo 50% em barricas novas. Nem é preciso dizer que são vinhos de grande complexidade de aromas e sabores. De cor rubi intenso intransponível, o Altaïr é um vinho elegante, potente, encorpado, equilibrado com 14,95O GL, complexo e longo. Detém taninos aveludados e finos, o que o tornou conhecido como vinho chileno de alma francesa. Aromas de frutas vermelhas maduras e em compota, tem ainda alcaçuz, chocolate, toques minerais e florais.


Da Argentina Zorzal, Juan Pablo Michelini me serviu todos os vinhos da linha Eggo. Fantásticos! Destaco o Eggo Franco 2015 (foto 4 - R$ 229,00). Um Cabernet Franc com estágio em ovos de concreto, o qual resulta um vinho muito frutado. Morangos maduros, framboesa e leve mineralidade são percebidos no nariz e na boca. Taninos e corpo delicados dão o toque final nesse vinho equilibrado com 13OGL.


No Velho Mundo, o italiano de Montalcino, na Toscana, Casanova Di Neri Rosso Di Montalcino DOC 2014 (foto 1- R$ 239,00). Um Sangiovese singular de visual rubi pouco intenso, mas com aromas de frutas silvestres, toque floral e balsâmico. Na boca é refrescante, frutado, com taninos macios e corpo médio. Ainda na Toscana, provei as etiquetas do produtor La Brancaia, equilibradíssimos. Destaco o Brancaia Chianti Classico Riserva DOCG 2011 (foto 3 - R$ 219,00). Vinho pontuado com 3 bicchieri no Gambero Rosso, é composto de Sangiovese e Merlot, o que lhe agrega muita fruta com ares de modernidade mas com predominante balsâmico e vegetal, característicos da cepa nativa. Na boca é seco, frutado, acidez impecável, taninos macios, elegante.


Foram mais de 400 rótulos na prova. Novo e Velho Mundo numa das mais prestigiadas degustações do Brasil. Agradeço aos organizadores, o convite. Ah! Agradeço imensamente também a vocês, meus queridos leitores, pois essa coluna fez três anos de vida no último dia 13! Que honra! Sempre em frente com os melhores vinhos!


Até a próxima taça!


momentodivino@atribuna.com.br


 

 


AGENDA


 


>> 29/6, às 18h: Degustação de vinhos no boliche do Litoral Plaza Shopping, em Praia Grande.


Convites: R$ 75, revertidos ao Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande.


Tels.: 97408-5485 e 3476-2479.

.:: • © Copyright 2007 - 2020, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy