ENOAMIGOS

Cursos e Consultoria em Vinhos

claudia@enoamigos.com.br

• Santos • São Paulo

Artigos
Momento DiVino "Bodega Colomé na Argentina ? vinhos de altura" 17/11/17 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 17-11-2017

Santé! A Bodega Colomé está localizada no Valle Cachalquíes, na cidade de Salta, Argentina, no sopé da Cordilheira dos Andes. A vinícola iniciada em 1831, é a mais antiga da Argentina e suas vinhas ancestrais ainda produzem bons frutos para elaboração do vinho que traz no rótulo o nome da bodega: o Colomé Reserva. Ressalto, que são vinhedos de Malbec e Cabernet Sauvignon pré-filoxéricos, plantados em 1854, fantástico!


A bodega, de 39 mil hectares, pertenceu às famílias Isasmendi e Dávalos por longos 170 anos, mas em 2001, o bilionário suiço, Donald Hess, a adquiriu. Empresário e colecionador de arte, Donald é também proprietário das vinícolas The Hess Collection, em Napa Valley, da Glen Carlou, na África do Sul e da Peter Lehmann, na Austrália. Donald e sua esposa Úrsula, dedicaram- se à comunidade de Colomé proporcionando melhores condições de trabalhado, qualidade de vida, sustentabilidade e desenvolvimento para a região.


Os Vinhedos


A Colomé tem seus vinhedos distribuídos nas partes mais altas dos Valles Calchaquíes. São os mais altos do mundo, com altitudes que vão de 1.750 à 3.111 metros do nível do mar, distribuídos em 4 fincas ou fazendas: Finca Colomé, 2.300 m; Finca El Arenal, 2.700 m; Finca Altura Máxima, 3.111 m e Finca La Brava, 1.750 m. Cultivam as variedades de Malbec, Cabernet Sauvignon, Tannat, Petit Verdot, Syrah, Bonarda, Pinot Noir, Merlot, Torrontes, Sauvignon Blanc e Chardonnay.


A altitude é um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento da videira. Há maior exposição solar e boa amplitude térmica, facilitando o desenvolvimento homogêneo e equilibrado da uva. A radiação solar que a videira recebe, a temperatura do ar e do solo afetam o seu desenvolvimento, ocorrendo uma maturação lenta. Naturalmente, para se proteger dos raios solares a uva gera uma pele mais espessa e mais escura, que resultará num vinho equilibrado, mais concentrado, intenso em cor, aroma e sabor.


Some-se à altura desses vinhedos o clima semiárido desértico, com pluviosidade mínima, noites frias e dias quentes, além de solos pobres, de caráter aluvial, arenoso e vulcânico, ótimos para a viticultura de qualidade. Vale notar também que a vinícola pratica a agricultura biodinâmica para obter excelência nos vinhos integrada a sustentabilidade e o benefício social da comunidade.


Atualmente a bodega produz mais de meio milhão de litros e exporta seus vinhos para mais de 25 países, sendo referência na qualidade de vinhos de altitude na Argentina. Assim é a Colomé, reúne tudo nas alturas!


E a novíssima Enoteca Decanter Santos, aliás, lindas instalações, recebeu os representantes da Colomé, promovendo delicioso jantar harmonizado. Foram degustados seis rótulos. Destaco:

 


Colomé Lote Especial Sauvignon Blanc 2015, Finca Altura Maxima (R$310,20). Contato sur lies (com os sedimentos da fermentação) de 7 meses, o vinho reúne tudo que se espera dessa uva. Aromas e sabores intensos cítricos, como limão, maracujá, morgote, notas vegetais e minerais, bom corpo, persistente e equilibrado com 13º GL.


Colomé Torrontés 2016, Finca La Brava (R$82,10). A cor palha brilhante e os aromas característicos como lichia, casca de laranja e floral ressaltam esse torrontés de acidez perfeita e sabor agradável. 13,5º GL super equilibrado.


Colomé Lote Especial Bonarda 2013, Finca La Brava (R$180,70). Rubi intenso com aromas de frutas negras e vermelhas maduras, menta e especiarias como baunilha e chocolate marcam esse varietal de bonarda. Passagem em barrica francesa e americana nova e de segundo uso. Na boca é frutado, volumoso com taninos delicados e macios com 14,5º GL imperceptíveis. Um bonarda muito elegante.


Colomé Estate Malbec 2014 (R$160,40). Uma seleção de uvas das 4 Fincas de Colomé dão caráter bastante personal a esse Malbec. Rubi brilhante intenso e violáceo, com aromas licorosos de ameixa e framboesa, toques florais e apimentados. Na boca é carnudo, volumoso, com frutas doces, taninos aveludados, intenso e longo. 14,5º GL.


Importados pela Decanter


Até a próxima taça!


momentodivino@atribuna.com.br


 

.:: • © Copyright 2007 - 2020, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy