ENOAMIGOS

Cursos e Consultoria em Vinhos

claudia@enoamigos.com.br

• Santos • São Paulo

Artigos
Momento DiVino "Talk Wine Show - Wines of Chile 2019" 23/08/19 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 23-08-2019

Santé! O sucesso chileno é incontestável! Há mais de 15 anos o país ocupa o 1° lugar no ranking de vinhos importados para o Brasil. E numa dinâmica diferente, o 9° Tasting Wines of Chile 2019, no Unique Hotel em São Paulo, iniciou-se com Manoel Beato, sommelier reconhecido mundialmente, entrevistando produtores, semelhante a um Talk Wine Show onde comandou respeitada masterclass de 10 rótulos ícones.


Com organização da CH2A Comunicação, o evento impecável, teve apoio da ProChile, e impressionou profissionais e convidados. Além de mais de 150 rótulos de 30 vinícolas, foi possível degustar altíssima qualidade, diversidade, inovação e sustentabilidade. Prazer e conhecimento envolvidos.


Siga os meus stories do evento no instagram @claudiaenoamigos


Vinhos degustados na masterclass


Santa Carolina Cuarteles Experimentales País 2017, Bío Bío
– tinto leve da uva País, cultivada em vinhas de 80 anos. Colheita antecipada, sem maturação total, depois de maceração carbônica passa por malolática em barricas usadas. Fruta e leveza. Cor rubi claro, lembra Beaujolais, framboesa, mirtilo, toque vegetal. 11°GL. Leve de final longo. (Casa Flora)


Cono Sur 20 Barrels Pinot Noir 2017, Casablanca – vinhas orgânicas certificadas. Vinho bastante inspirado na Borgonha. Maceração carbônica e pigeage manual em tanques abertos, processo artesanal. 80% em barricas e 20% em inox por 12 meses, 14° GL. Cerejas, framboesa, ameixa e toques tostados. Taninos delicados. (World Wine)


Ventisquero Tara White Wine1 Chardonnay, Atacama – vinho do deserto, terroir diverso, desafio de cultivo da Chardonnay em solo calcário, salino, mineral e ácido. Artesanal, colheita a mão, pisa a pé, não filtrado. Aromas de pedra de giz, notas de maçã. 12° GL. Na boca é mineralíssimo, salino e vegetal. Textura intrigante e deliciosa, palavras do Beato. (Cantu)


Veramonte Ritual Supertuga 2016, Casablanca – iniciada nos anos 90, foi a 1ª Viña do Vale de Casablanca. Vinhedos orgânicos e influência marítima aportam a esse vinho aroma cítrico, laranja, tangerina e flor. Após fermentado em carv. francês por 12 meses, ainda permanece sobre as lias “sur lie” em batonagem de 3 meses. 14° GL. O vinho contrasta o suave e o cremoso com estrutura potente. Increíble! (Total Vinhos)


Viña Maquis Maquis Franco 2013, Colchagua – Cabernet Franc cultivadas em 1999/2000. Solo argiloso entrega potência e estrutura a esse vinho de 14,5° GL. 14 meses em carv. francês. Notas frescas, ervas, flores, frutos. Na boca é redondo e bastante macio é francamente um Cabernet Franc. (Domno)


Bodegas Tagua Tagua Des Complicados Black Label Syrah 2017, Maule – Syrah descomplicado, 18 meses em carv. francês (1°uso). 14,5°GL. Frutas maduras com toque de menta. Especiarias, chocolate e café, se mesclam aos taninos sedosos, vinho agradável e persistente. (Dominio Cassis)


Syegel Ketran 2014, Colchagua – Ketran significa lava vulcânica, em mapuche. 35% Syrah, 30% Petit Verdot, 25% Carménère, 10% Cabernet Franc (de 2013) vinificadas em barricas de 600 litros. Solo vulcânico, 30 meses de carv. francês, 14,5° GL. Cor violeta intenso, cassis, ameixas, redondo, taninos aveludados, longo e persistente. Potencial de guarda 10 anos. (Uaine Group)


Pérez Cruz Quelen 2013, Maipo – Inspirado em Bordeaux 52% Petit Verdot, 28% Cot (Malbec) e 20% Carménère 14,2° GL. Amadurecimento 16 meses em barricas francesas, 50% novas e 50% 1° uso. Frutas vermelhas, tabaco, especiarias e toque mineral se destacam também na boca com perfeito equilíbrio, taninos aveludados, longo. (Folks Wines)


Aresti 380 Código de Familia 2012, Vale de Curicó – Cabernet Sauvignon, Malbec, Cabernet Franc e 3% Petit Verdot. 14,5° GL, aromas frutados e florais com perfeita integração com a madeira. Vinificação em inox, amadurecimento 24 meses em carv. francês e envelhece 6 anos na garrafa. Vinho encorpado, suculento, muita tipicidade, caráter e elegância. (Mar & Rio)


Casa Silva S38 Cabernet Sauvignon 2016, Los Lingues/Colchagua – Solo pedregoso e profundo, com influência da Cordilheira dos Andes, temperaturas oscilantes de até 20°C entre dia e noite, são o ponto alto desse Cabernet Sauvignon, apresentado por Mario Geisse, enólogo. Vinificação artesanal e estágio em carv. francês aportam mais identidade ao vinho. Muita fruta, equilíbrio, 14,5° GL imperceptíveis, taninos macios, persistência, elegância. Prazer e gosto de quero mais. (Vinhos do Mundo)


Até a próxima taça!


momentodivino@atribuna.com.br


 

.:: • © Copyright 2007 - 2020, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy