Artigos
 VER TODOS OS ARTIGOS 

WINE TALK sobre Vinhos Espumantes
Enoamigos.com promoveu wine talk sobre espumantes no dia 26/10/2011 http://www.facebook.com/claudiaenoamigos Apoio de Vinícola Salton e Enoteca Decanter-Santos/SP
CURSOS 26-10-2011
Carol Gonzalez
preparação da sala de degustação, detalhes...


A noite do Wine Talk de Espumantes iniciou-se com sala repleta e muita curiosidade entre os participantes, a maioria iniciantes.

É muito mais expressiva e significativa a presença dos jovens em cursos e degustações hoje.
Seu interesse se dá devido a um mercado que se faz marcante e em crescimento, possibilitando novas oportunidades e opções de novos empregos, ainda mais agora que a profissão de sommelier está reconhecida pelo governo brasileiro.

Nossa degustação teve início com o bate papo definindo a principal característica desses vinhos, que aliás, a diferencia dos vinhos tranqüilos, que é a existência de "gás carbônico". Também foi abordado as diversas uvas e as principais uvas para exclusiva criação do CHAMPAGNE e elaboração dos diversos tipos de vinho, obtidos pelos métodos que produzem vinhos espumantes. Métodos como o CHAMPENOISE, o CHARMAT, etc..Ainda , o wine talk teve continuidade discorrendo sobre vinhos espumantes que têm nomes diferentes em muitos países, mas com características muito parecidas.

Vinhos degustados:

ARALDICA  ASTI LE MONFERRINE - PIEMONTE - ITÁLIA
BOSSA HERMANN BRUT - CAVE HERMAN - SERRA GAÚCHA - RS
SALTON BRUT RESERVA OURO - TUIUTI - BENTO GONÇALVES - RS
BEDIN PROSECCO EXTRA DRY - VÊNETO - ITÁLIA
LABET CRÉMANT DE BOURGOGNE BRUT - BOURGOGNE - FRANÇA
BARNAUT BLANC DE NOIRS BRUT GRAND CRU - CHAMPAGNE - FR

Carol Gonzalez
nosso grupo de enoamigos, bastante interessados


ARALDICA  ASTI LE MONFERRINE
- PIEMONTE - ITÁLIA

REGIÃO: Piemonte - Asti - Vinhedo específico Le Monferrine.
CLASSIFICAÇÃO LEGAL: ASTI DOCG
CASTAS: 100% Moscato Bianco
GRADUAÇÃO ALCOÓLICA: 7° gl
CARACTERÍSTICAS CLIMÁTICAS: Clima temperado frio, com invernos rigorosos e estação de amadurecimento muito fresca.
SOLO: Solos argilo-calcários. Vinhedos em colina (250 a 400m de altitude) com boa exposição ao sudoeste
ELABORAÇÃO: Colheita manual em meados de setembro. Fermentação em autoclaves com controle de temperatura e pressão pelo método "Asti" de tomada de espuma na primeira fermentação. Interrupção do processo fermentativo por choque de frio e filtração isobárica. Estabilização a frio, filtragem e engarrafamento.  Resíduo final de açúcar de aproximadamente 90g/l (classificação quanto à dosagem de açúcar - Dolce: acima de 50 gramas/litro).
AMADURECIMENTO: Rápida permanência em tanques de inox, para maximizar a aromaticidade.
ESTIMATIVA DE GUARDA: Consumir o mais jovem possível.
CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS: Palha de média intensidade, cristalina, perlage fino e persistente. Intensamente aromático, com casca de laranja confitada, pêssegos maduros e jasmim. Cremoso na boca, suave e vivaz, muito elegante.
DIRETRIZES ENOGASTRONÔMICAS: Delicioso vinho de aperitivo matutino ou vespertino; frutas frescas com nata, morangos em particular; perfeito com pan d'oro ou panettone
TEMPERATURA DO SERVIÇO: 6°C

BOSSA HERMANN BRUT - CAVE HERMAN - SERRA GAÚCHA - RS

Nome dado em homenagem a Bossa Nova, vinho elaborado na Serra Gaúcha, super versátil, jovem e festivo. É elaborado pelo processo Charmat, no qual a segunda fermentação ocorre em auto claves -  recipiente fechado, que preserva o gás natural da fermentação, que  lhe confere um belo "perlage", com o contínuo desprendimento de minúsculas bolhas.  A uva utilizada é exclusivamente a Chardonnay, principal variedade da região do Champagne.  Antes da segunda fermentação, o vinho tem uma rápida passagem por barris de carvalho francês, que lhe confere um leve toque madeirizado, ressaltando-se a baunilha e proporcionando-lhe uma característica que o diferencia dos espumantes tradicionais. Tem um visual diferenciado, com uma garrafa exclusiva. É ótimo como aperitivo  e adequado para  acompanhamento das refeições, principalmente à base de produtos marinhos.  Beba-o em  seu "happy hour". Sirva-o gelado (6ºC).

Carol Gonzalez
os vinhos espumantes da noite


SALTON BRUT RESERVA OURO - TUIUTI - BENTO GONÇALVES - RS

80% Chardonnay, 20% Riesling.
O mosto da uva foi extraído com prensa pneumática a baixa pressão. O mosto foi filtrado com o filtro a vácuo, fermentado a baixa temperatura máxima 17ºC com fermentos selecionados. 20% do vinho foi fermentado e conservado em barris de 225 l de carvalho novo, norte americano meio tostado
Segunda fermentação: Autoclaves de 30.000 litros. Tempo de fermentação: 1 mês a 13ºC. Tempo de contato de levedura: 8 meses
Análise Organoléptica: Brilhante, tonalidade amarelo claro, abundante desprendimento de pequenas borbulhas, espuma persistente, aroma de fermentos, pão torrado, baunilha.
Harmoniza com aperitivos, frutos do mar, sopas e carnes brancas.  Sirva-o gelado (6ºC).

Carol Gonzalez
Champagne Barnaut gelando


BEDIN PROSECCO EXTRA DRY - VÊNETO - ITÁLIA

REGIÃO: Vêneto - Colinas de Treviso (Colli Trevigiani)
CLASSIFICAÇÃO LEGAL: Prosecco Treviso D.O.C.
CASTAS: 90% Prosecco, 10% Pinot Bianco, Bianchetta Trevigiana.
GRADUAÇÃO ALCOÓLICA: 11° GL
CLIMA: Clima temperado frio, com invernos rigorosos e estação de amadurecimento muito fresca, influenciada pelos ventos do relevo alpino ao Norte.
SOLO: Solos argilosos e argilo-arenosos de média estrutura, em terrenos antigos da região do Asolano. Vinhedos em colina (de 100 a 300 metros de altitude) com boa exposição.
ELABORAÇÃO: Colheita manual no início de setembro. Fermentação do vinho base em tanques de inox em temperatura baixa controlada. Malolática não realizada. Adição de sacarose e leveduras (licor de tiragem). Refermentação em auto-clave de inox a temperaturas controladas, durante 10 dias (charmat curto). Filtração isobárica, estabilização frio,filtração esterelizante engarrafamento. Resíduo final de açúcar de 20g/l (classificação quanto à dosagem de açúcar - Extra Dry de 12-20 gramas/litro).
AMADURECIMENTO: rápida permanência em tanques de inox, para maximizar a aromaticidade.
estimativa de guarda: Consumir o mais jovem possível.
CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS: Amarelo-palha muito claro, brilhante, com perlage fino, numeroso e persistente. Delicadamente aromático, com flores brancas, cítricos e fruta de polpa branca. Cremoso e dissetante, com ótimo equilíbrio frescor-maciez.
DIRETRIZES ENOGASTRONÔMICAS: Delicioso aperitivo. Canapés delicados à base de pescado, carnes delicadas de crustáceos (siri, caranguejo, vieiras), peixes marinhos no vapor (linguado, rodovalho) aromatizados com limão siciliano, saladas de verão.
TEMPERATURA DO SERVIÇO: 6°.C

LABET CRÉMANT DE BOURGOGNE BRUT - BOURGOGNE - FRANÇA

VARIETAL: 100% Pinot Noir
ORIGEM: 100% TALUDES BORGONHA
VINIFICAÇÃO: Colheita manual, engarrafamento, malolática completa, 2ª fermentação em garrafa.
amadurecimento: 12 meses de envelhecimento, remuage na paleta gyropaletes.
SOLO: pobre, calcário e rocky
CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS: bouquet de frutas vermelhas e bagas
DIRETRIZES ENOGASTRONÔMICAS; servir como  aperitivo, no brunch de domingo, perfeito para "kir royal com cassis briottet"
GRADUAÇÃO ALCOÓLICA :12 °GL
TEMPERATURA DE SERVIÇO: 6°C


Carol Gonzalez
explicação do método "champenoise"


BARNAUT BLANC DE NOIRS BRUT GRAND CRU - CHAMPAGNE - FR


REGIÃO: Champagne - Montagne de Reims - vinhedo Grand Cru de Bouzy.
CLASSIFICAÇÃO LEGAL: Champagne Grand Cru A.O.C., RM (récoltant-manipulant, vinhedos próprios)
COMPOSIÇÃO DE CASTAS: 100% Pinot Noir.
GRADUAÇÃO ALCOÓLICA: 12° GL
SOLO: Solo típico "crayeux", de pedra calcária puríssima da era secundária, de alta porosidade. Muito pobre em matéria orgânica.
ELABORAÇÃO: Colheita manual com tris seletiva de cachos. Os cachos são colocados inteiros nas velhas prensas Coquard, com separação do jus em 4 ou 5 frações, diferenciando o de vinhas jovens do de vinhas velhas. Fermentação alcoólica em tanques de inox a 17,5°C, com malolática encorajada e permanência sur lie.  Assemblage perpétuel do vinho base para segunda fermentação, empregando-se vinhos de anos anteriores vins de reserve e deixando o dobro do volume engarrafado para o ano seguinte (neste Champagne utiliza-se de vinhos base mais frescos de Pinot Noir, com média de 2 anos). Adição do licor de tiragem com leveduras e açúcar. Tomada da espuma na garrafa, com longo envelhecimento sur lattes, nas frias e escuras adegas escavadas na craie, pedra calcária.  Processo de remuage com gyropalette (mecânico).  Desgargalamento com prévio congelamento de depósito, dégorgement à la glace. Licor deexpedição com dosagem final de 6g/l de açúcar, BRUT. Colocação da rolha e do arame de proteção muselet.
AMADURECIMENTO: 2 anos sobre as lias nas frias adegas escavadas na craie.
ESTIMATIVA DE GUARDA: 10 anos.
CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS: Amarelo-dourado profundo, bolhinhas excepcionalmente finas e persistentes. Poder e elegância se fundem num contexto especiado, com flores, ameixas, frutas brancas maduras e trigo. Estrutura imponente e cremosa, austera e persistente.
DIRETRIZES ENOGASTRONÔMICAS: Excelente com caça de pena (faisão, perdiz, marreco selvagem), e aves em geral em molhos com cogumelos ou trufas.
TEMPERATURA DE SERVIÇO: 7°C
premiação mais relevante: LA REVUE DU VIN DE FRANCE: entrou na edição "1.000 vinhos que se deve comprar": "um verdadeiro modelo de vinosidade, equilíbrio perfeito. Um magnífico Champagne de mesa".

A maioria dos participantes elegeu o Champagne Barnaut o melhor da noite, mas não foi unânime, não, não... foram citados muito enfáticamente o Espumante Asti Araldica e o Prosecco Bedin...E, TODOS ELOGIARAM OS ESPUMANTES NACIONAIS, muito bem representados.

E, para fechar essa narrativa, uma citação de Lily Bollinger (viúva, que também como a viúva Clicquot, teve que ir à luta, e para aumentar as vendas de seu Champagne criou a frase célebre, que virou o seu marketing:

"Só tomo champagne quando estou feliz, ou quando estou triste.
Às vezes bebo quando estou só, mas quando tenho companhia considero obrigatório.
Eu me distraio com champagne quando estou sem fome, e bebo se estou faminta.
Fora isso nem toco nele, a menos que esteja com sede". (1961)

Tim! Tim!
até a próxima taça...


 
Wine Talk Vinhos Espumantes
11-01-2011
       
       
       
       
       
       
       
 


 
 
► Vinícola Salton
► Cave Hermann


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
Cursos
Degustações
Enoturismo
Enopoemas
Dicas
  Cláudia Elaine Garcia de Oliveira
Artigos
Enonews
Momento Divino
Fotos "Social do Vinho"
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2007 - 2018, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy