ENOAMIGOS

Cursos e Consultoria em Vinhos

claudia@enoamigos.com.br

• Santos • São Paulo

Artigos
Momento DiVino "Beaujolais Nouveau na Petit Verdot" 25/11/16 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 25-11-2016


Santé! Foi um sucesso a apresentação dos vinhos Beaujolais, no dia 17 de novembro, aqui em Santos. A Adega Gourmet Petit Verdot, do querido enoamigo José Rodrigues, festejou o Vins du Beaujolais.

Todo ano os amantes do vinho esperam até a terceira quinta-feira de novembro, quando se comemora mundialmente o lançamento do Beaujolais Nouveau. Tradição que teve início em Lyon, na França, no século passado e hoje acontece em mais de 190 países envolvendo uma megaoperação de logística.

E a Adega Petit Verdot nos encantou com mais uma noite tipicamente francesa. De quebra fomos ainda presenteados com boa música nos remetendo à cidade luz, os seus encantamentos, à propósito desse país detentor dos melhores rótulos, na minha opinião.

Os vinhos de Beaujolais são produzidos com a uva Gamay, que proporciona tintos frutados, delicados, aromáticos, redondos e com taninos macios, ideais para consumo em países de clima tropical, como o nosso. Um vinho frutado e alegre, para acompanhar aperitivos, frios e muitos pratos. Mas não esqueçamos que há também os brancos de Beaujolais da casta Chardonnay, muito bons por sinal!

A simpatia da Patricia Brentzel, sommelière, descontraia os enófilos presentes com seu carisma enquanto apresentava um Beaujolais Noveau rico e saboroso. Falo do Georges Dubœuf, que representa mais de 400 vinhateiros da região, considerado o rei do Beaujolais.

Mas nem só de Nouveau foi a noite, uma vez que o primeiro vinho servido foi um brasileiro. O Capoani Gamay 2016, que às cegas não deu ares de brazuca. Do Vale dos Vinhedos é um vinho muito interessante.

A degustação seguiu e após o Dubœuf degustamos o Beaujolais Albert Bichot 2014, que agradou. Adiante, o encantamento do Beaujolais Villages Louis Latour 2013 e do Crus de Beaujolais Henry Fessy Morgon 2012 nos fez mais felizes ainda.

O enoamigo Zé Rodrigues, quem conhece bem sabe, gosta de inovar e brincar e abriu ainda um Beaujolais Nouveau Joseph Drouhin, 2015 (seria hoje um beaujolais vieux, velhô?) Ah, estava perfeito! O mito de que o Nouveau deve ser aberto imediatamente após a compra não valeu, ao menos pro Drouhin. Um vinho fresco, show de frutas, corpo médio, taninos macios e agradabilíssimos, equilibrado, saboroso com um toque doce ao final. Valeu Zé!


No meu site www.enoamigos.com.br eu descrevo a região de Beaujolais e seus vinhos, matéria publicada aqui em 06/11/2015, acesse. http://www.enoamigos.com.br/gallery_sub_article.asp?codigo=222&status=9

 Até a próxima taça!

momentodivino@atribuna.com.br



PROVEI E INDICO

Capoani Gamay 2016, Bento Gonçalves, RS, Brasil
Uva: Gamay 11,7º GL
Cor: Violáceo claro e brilhante
Nariz: Morango, amora
Boca: seco, leve, refrescante e vivaz
R$ 88,90 na Petit Verdot

Georges Dubœuf Beaujolais Noveau 2016, FR (Interfood)
Uva: Gamay
Cor: rubi violáleo pouco intenso e brilhante
Nariz: explosão de frutas vermelhas
Boca: seco e fresco, muita fruta, tanino delicado e macio, saboroso
R$ 133,80 na Petit Verdot


Louis Latour Beaujolais Villages 2013, FR (Inovini)
Uva: Gamay (vinhas de 30 anos) 13ºGL
Cor: rubi pouco intenso e brilhante
Nariz: frutas vermelhas maduras, notas de violeta e banana
Boca: seco, leve +, taninos delicados, refrescante e frutado. R$ 129,90 na Petit Verdot


Henry Fessy Morgon 2012, FR (Inovini)
Uva: Gamay (vinhas de 50 anos) 13ºGL
Cor: rubi intensidade média e brilhante
Nariz: frutas negras, mineral e toque floral
Boca: seco, bom corpo, taninos aveludados, frutado e persistente.
R$ 167,80 na Petit Verdot


.:: • © Copyright 2007 - 2020, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy