Artigos
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Momento DiVino "Avaliação Nacional de Vinhos safra 2017 destaca uvas inusitadas" 06/10/17 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 06-10-2017

Santé! Rever as belas paisagens da Serra Gaúcha reascenderam minha memória afetiva ao dia em que eu, menina ainda, brinquei e corri por parreirais em Caxias do Sul, na Festa da Uva. E agora, visitei algumas vinícolas e também participei do maior evento de vinhos do Brasil, em Bento Gonçalves. Segue um resumo das que visitei.


O Fundaparque, Parque de Convenções de Bento Gonçalves, recebeu aproximadamente mil pessoas entre enólogos, autoridades, profissionais, jornalistas e apreciadores de vinhos, para o evento mais importante do setor, a 25ª Avaliação Nacional de Vinhos da safra 2017.


Foram apresentados os 16 melhores vinhos nacionais classificados às cegas, por 118 enólogos. Note que estes vinhos não estão rotulados ou disponíveis no mercado, visto que foram vinificados recentemente. Todas as amostras estão em fase de amadurecimento, uns em aço inox e outros em barricas de carvalho.


A Avaliação é promovida pela Associação Brasileira de Enologia, ABE, que este ano recebeu 332 amostras de 59 vinícolas de 6 estados, são eles, Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, superando edições anteriores.


O resultado da avaliação demonstrou que foram premiados vinhos de varietais, inusitadas, como por exemplo da uva Petit Syrah (cruzamento da Syrah com Peloursin, do Rhône, FR) o meu vinho preferido da Avaliação. Malbec e Tannat se destacaram também, e apesar de seis estados concorrentes, quem levou todos os prêmios foi o Rio Grande do Sul. A Vinícola Fazenda Santa Rita, de Vacaria/RS, que assim como eu, muitos não conheciam, ganhou notoriedade com seu excelente Sauvignon Blanc.


A seguir você confere os 16 vinhos mais representativos da safra de 2017 que a partir do ano que vem estarão nas prateleiras. Agradeço o convite da Conceitocom Brasil.


Até a próxima taça!


momentodivino@atribuna.com.br


 




VINÍCOLAS VISITADAS



MIOLO

Os jardins da Vinícola Miolo reluziam num lindo entardecer, onde fomos recepcionados por Morgana Miolo. Espumantes como o Cuvée Tradition Brut e Rosé 2015 , frios, queijos, pães recheavam o caprichado menu que perfumava a atmosfera do Miolo Wine Garden, simplesmente fantástico. E é em meio aos vinhedos da Miolo que encontra-se o Spa do Vinho, opção de luxo para seu enoturismo. (Foto 1 - principal)



AURORA

Bem no coração de Bento Gonçalves fica a Cooperativa Aurora, a maior vinícola do Brasil. Tecnologia e equipamentos de última geração compõem o parque industrial, hoje, dos mais modernos. A sala de degustação, é equipada com bancadas individuais com luz e pia para perfeita análise. Nela degustei 6 rótulos dos quais destaco o espumante brut Aurora Procedências Chardonnay, cremoso, leve e refrescante. Também o branco seco Aurora Reserva Chardonnay 2015 e o recém-lançado Reserva Rosé 2017, ambos versáteis. Em Pinto Bandeira a Aurora mantém uma bela propriedade e entre os vinhedos fomos saudados com espumante blanc de noir, Aurora Pinot Noir Procedências, refrescante e intenso. O churrasco bem gaúcho harmonizou perfeitamente com Aurora Pinto Bandeira Pinot Noir 2016 e o Millésime Cabernet Sauvignon 2013, fantásticos. (Foto2)


 



DAL PIZZOL


A Dal Pizzol, está no distrito de Faria Lemos, na Rota das Cantinas Históricas, a 11 km de Bento. O lugar é incrível. Pavões e galinhas d’Angola dão o toque caseiro a essa propriedade que abriga um vinhedo experimental, com cerca de 400 tipos de uvas, procedentes de mais de 30 países. A vinícola foi criada em 1974 pelos irmãos Antonio e Rinaldo Dal Pizzol. Mas a família está no ramo da vitivinicultura já há 13 gerações. Dirceu Scottá, presidente do Ibravin, é o enólogo responsável pela produção de 300 mil garrafas/ano elaborados sob rígido controle de qualidade e sem passagem em madeira, absolutamente. Destaco a surpreendente degustação às cegas, na qual procurei em minha memória olfativa aromas que me ajudaram a desvendar o vinho na taça, emoção total! A vinícola mantém um Ecomuseu onde preservam a história do vinho e das famílias da região, bem como centenas de garrafas de vinhos locais e estrangeiros. No Giardino Dal Pizzol um jantar delicioso harmonizou com a elegância do espumante Nature Quarenta Anos. O Enoteca 2014, um blend de 70% Merlot, 15% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc demonstrou condições de envelhecer muito bem, com aromas e sabores primários de frutas e até terciários como especiarias e tostado. Um detalhe, não passa em barricas. Um varietal fresco e sedoso chamou atenção foi o Dal Pizzol Gamay Beaujolais 2017 agradável e fácil de beber. (Foto3)


 



FAMÍLIA GEISSE


Uma verdadeira aula de viticultura e vinificação é o início da Geisse Experience, a cargo do enólogo chileno Carlos Abarzua. O criador da vinícola é o também chileno Mario Geisse, enólogo que a iniciou em 1978, na Região da Montanha, em Pinto Bandeira. São 76 hectares sendo 23 de vinhedos, de Chardonnay e Pinot Noir, cuidados com manejo eco-eficiente sem utilização de agrotóxicos. Na cantina, tanques de aço inox conservam os caldos que darão origem aos cortes para espumantes elaborados no método tradicional, onde a 2ª fermentação se dá na garrafa. Provei vários. O Nature, Blancs de Blancs Brut, Blanc de Noir Brut e o Terroir Rosé Brut, todos excepcionais, com acidez, cremosidade e perlage perfeitos. Não é à toa ser apreciado até por críticos internacionais, como a Master of Wine, Jancis Robinson. No Open Lounge Geisse, que fica no jardim, empanadas de sabores diversos, tábuas de frios e patês se harmonizaram com os drinks, espumantes brancos e rosés e até o tinto Mario Geisse Reserva Carménère. Um passeio de buggy 4X4 dá continuidade ao enoturismo que nos levou a uma cachoeira e aos vinhedos belíssimos, sempre com um espumante bem geladinho. Um prazer! (Foto4)


 


DON GIOVANNI


A Região da Montanha, em Pinto Bandeira, abriga a Don Giovanni, vinícola familiar, com 18 hectares de vinhedos. Atualmente é a quarta geração da família a se dedicar a produção de vinhos de alta qualidade. Uma degustação dupla vertical entre Don Giovanni Cabernet Franc 2002 e 2012 me fez perceber de pronto as nuances de cor, o 2002 já estava com halos atijolados, sendo que o 2012 mantinha o vermelho rubi. Aromas terciários de frutas secas e especiarias permeavam o ambiente e minhas papilas gustativas já se satisfaziam com tantas diferenças. Vinhos apaixonáveis! Em recente visita ao La Cité du Vin, em Bordeaux, na França, tive o orgulho de ver um exemplar da garrafa Don Giovanni Ouro Extra Brut nas prateleiras do Wine Bar, o “Latitude 20”, que comporta 14 mil garrafas de 70 países produtores. Viva o vinho brasileiro! (Foto5)


 


 


PETERLONGO

Cinema ao luar em meio aos vinhedos, com direito à pipoca, hambúrguer e uma taça de espumante é a atividade do momento, trata-se do Wine Movie Peterlongo. A vinícola tem uma história de 100 anos, e hoje recuperada de uma quase falência vem se destacando. Seu espumante Elegance Nature foi o Top Ten da Expovinis 2017. Provei também o Privilege Extra Brut, vinho de borbulhas finas e intensas, refrescante, macio e cremoso. Elaborado pelo método tradicional se destaca pela finesse, aprovado! (Foto6)






Rótulos mais representativos de 2017



Categoria Vinho Base para Espumante


Chardonnay/Riesling Itálico – Chandon, Garibaldi, RS


Chardonnay – Casa Valduga, Bento Gonçalves, RS


Chardonnay – Domno do Brasil, Garibaldi, RS



Categoria Branco Fino Seco Não Aromático


Riesling Itálico – Cooperativa Vinícola Aurora, Bento Gonçalves, RS


Chardonnay – Vinícola Almadén, Santana do Livramento, RS


Chardonnay – Vinícola Cave de Pedra, Bento Gonçalves, RS



Categoria Branco Fino Seco Aromático


Sauvignon Blanc – Vinícola Fazenda Santa Rita, Vacaria, RS


Moscato Giallo – Cooperativa Vinícola São João, Farroupilha, RS



Categoria Tinto Fino Seco Jovem


Cabernet Franc – Vinícola Salton, Bento Gonçalves, RS



Categoria Tinto Fino Seco


Petit Syrah – Luiz Argenta Vinhos Finos, Flores da Cunha, RS


Merlot – Casa Perini, Farroupilha, RS


Merlot – Miolo Wine Group, Bento Gonçalves, RS


Cabernet Franc – Giacomin Indústria de Bebidas/Vinhos Hortência, Flores da Cunha, RS


Malbec – Vinícola Almaúnica, Bento Gonçalves, RS


Cabernet Sauvignon – Guatambu Estância do Vinho, Dom Pedrito, RS


Tannat – Don Guerino Vinhos e Espumantes, Alto Feliz, RS        


 


No site www.enoamigos.com.br você acessa as fotos dessa viagem.



 
Avaliação Nacional de Vinhos safra 2017 destaca uvas inusitadas
06-10-2017
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
 


 
 
► Baixe o Artigo em PDF


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
Cursos
Degustações
Enoturismo
Enopoemas
Dicas
  Cláudia Elaine Garcia de Oliveira
Artigos
Enonews
Momento Divino
Fotos "Social do Vinho"
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2007 - 2017, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy